Dia a Dia

5 passos para ingressar em uma universidade federal
Featured

5 passos para ingressar em uma universidade federal

O sonho de ter um diploma no ensino superior público no Brasil é totalmente possível. Cada vez mais os alunos do ensino médio chegam preparados para a carreira universitária. Contudo, há cinco passos a serem seguidos para garantir o ingresso em uma universidade federal. Saiba mais!

Cursar uma universidade pública ou particular?

Quem nasceu na década de 90 quase não tinha opção se realmente não viesse de família rica. As universidades públicas eram a única pedida para quem não podia custear os estudos do ensino superior. As instituições particulares chegavam a cobrar mais de dois salários mínimos por mensalidade, o que era inviável para algumas famílias.

Atualmente o cenário mudou. A enorme oferta de universidades e faculdades privadas fez o valor da mensalidade cair bastante de preço, tornando-se uma opção viável para muitos concluintes do ensino médio. As públicas também melhoraram e greves são raras, deixando o aluno em dúvida.

Um dos pontos diferenciais das universidades públicas é ainda serem referência no ensino. Muitas são bem conceituadas no mercado, com excelente corpo docente e estudos publicados. Já os particulares ainda estão crescendo em nome e fama. Vale avaliar com calma as duas moedas antes de tomar a escolha certa.

Os cinco passos para quem quer entrar em uma universidade pública

Se a opção foi por estudar em universidade pública, há cinco passos a serem seguidos de extrema importância para alcançar o intento. São eles:

Estudar e fazer a prova do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como o Enem, já foi uma prova para ajudar os estudantes a medir a qualidade do ensino no Brasil. Hoje a avaliação do MEC conta como vestibular e é obrigatória para programas sociais. A prova é anual. Estudante de escola pública não paga a inscrição.

Fazer a inscrição no Sisu

O Sisu é a plataforma digital unificada a qual as universidades públicas e faculdades oferecem suas vagas para alunos que realizaram a prova do Enem. As inscrições do Sisu 2020 iniciam sempre após as notas do Exame Nacional do Ensino Médio serem divulgadas.

Ter uma excelente nota no Enem

O vestibular foi substituindo pelo Enem nas universidades públicas, mas o sistema de concorrência continua. As melhores notas são as primeiras a ocupar vagas.

E alguns cursos são realmente concorridos como medicina, direito, jornalismo, dentre outros. Vale uma olhada na concorrência no ano anterior para ajudar a orientar a seleção do curso pretendido.

Não tirar zero na redação do Enem

A nota do Enem para concorrer a uma vaga no sistema público de Ensino Superior pode ser baixa em conhecimentos gerais, mas nota zero em redação não é permitido. Com isso o aluno é desclassificado e não pode concorrer a uma vaga.

Planejar-se nos estudos

A concorrência está ficando cada vez maior quando se trata do ensino público. Vale uma preparação antecipada e quanto anos o aluno sair na frente melhor. É necessário fazer simulados, provas anteriores e cobrir todo o conteúdo programático ou a maior parte de assuntos possível. Revisar e treinar redação são pontos essenciais.

Featured

Programa oferece bolsas de estudos em todas áreas da educação

Você conhece o Educa Mais Brasil 2020? Ele é um programa que beneficia milhares de pessoas oferecendo bolsas de estudo em universidades particulares, ótima oportunidade para quem deseja iniciar os seus estudos, mas tem dificuldades financeiras. Gostou? Então conheça mais sobre o Educa Mais Brasil 2020!

O que é o Educa Mais Brasil 2020?

Há mais de 10 anos no mercado, o Educa Mais Brasil é um programa pago que oferece bolsas de estudos para diversas áreas da educação:

  • Graduação;
  • Pós-graduação;
  • Educação básica;
  • Cursos técnicos;
  • Idiomas;
  • Preparatório para concursos;
  • Cursos profissionalizantes;
  • Educação de Jovens e Adultos (EJA);
  • Preparatórios para pré-vestibular e ENEM.

O Educa Mais Brasil 2020 é uma das maiores organizações que promove estes descontos, as bolsas podem chegar a 70% do valor integral. São mais de 18 mil instituições parceiras e 450 mil candidatos privilegiados com o auxílio do programa.

Como funciona o Educa Mais Brasil 2020?

Os interessados em conseguir os descontos que o programa promove, devem fazer a sua inscrição no site. Assim como o programa Quero Bolsa 2020, todo o processo é feito via internet, basta o candidato preencher um cadastro e emitir a confirmação da adesão.

Mas, as bolsas têm um valor e o aluno deve fazer o pagamento da taxa no ato da matrícula, na universidade escolhida. Também é necessário fazer a renovação da sua parceria com o Educa Mais Brasil por meio de contribuições semestrais. Pode ficar tranquilo, mesmo que exista um custo para a adesão do desconto e ele seja pago por semestre, a bolsa ainda sai bem em conta, pois os valores não são abusivos. É só colocar no ponto no lápis e você vai ver que compensa.

Inscrições Educa Mais Brasil 2020

Como dissemos, todos os processos são realizados de forma digital via internet, por isso você pode acessar o portal do programa com o seu celular, tablet, notebook ou computador. Mais uma facilidade que o Educa Mais Brasil 2020 oferece.

Depois de decidir qual curso você pretende ingressar chega a hora de oficializar as inscrições Educa Mais Brasil. O legal é que se você ainda não tem convicção do local que pretende se matricular, mas sabe o curso, o próprio site faz uma lista com as melhores instituições seguindo a sua localização.

Siga este passo a passo que é bem simples, e garanta a sua entrada na faculdade ou centros educacionais.

  • Passo 1: Acessar o site do Educa Mais Brasil;
  • Passo 2: Do lado esquerdo da página o candidato deve preencher as primeiras informações, assim o site faz um filtro com o que você precisa. Para começar, informe qual a modalidade de ensino você deseja buscar;
  • Passo 3: Agora, chega a hora de inserir o local que você busca para estudar, o tipo do ensino, se prefere uma lista por curso ou instituição e qual o curso;
  • Passo 4: Ficará disponível uma lista com os melhores centros educacionais e o preço da mensalidade. Repare que o desconto também aparece. Depois de comparar as informações e escolher qual a sua preferida, clique em ‘Quero Esta Bolsa’;
  • Passo 5: As características do curso e informações importante sobre ele ficam disponíveis. Para confirmar o seu interesse, selecione novamente ‘Quero Esta Bolsa’;
  • Passo 6: Começa a etapa do cadastro, basta inserir os seus dados. Para finalizar, clique em ‘Confirmar’.

As próximas etapas ficam disponíveis somente para os candidatos, mas elas apresentam explicações bem dinâmicas e fica fácil efetivar a sua inscrição. Lembrando que este processo é gratuito!

Featured

Como saber qual seu local de prova INEP

Local de Prova ENEM 2020 – O ENEM, Exame Nacional de Ensino Médio foi a primeira iniciativa de maior amplitude de avaliação em todo o seu sistema de ensino devidamente implementado no Brasil. O programa foi criado no ano de 1998 apenas para avaliar a qualidade da educação nacional, e aos poucos isto foi mudando.

A partir do ano de 2009 foi que um novo modelo de prova para o Enem foi devidamente lançado, com suas tradicionais 180 questões objetivas, e uma questão de redação e com ele a proposta de unificar os vestibulares de instituições federais brasileiras. Por isso não deixe de realizar sua inscrição ENEM 2020.

O ENEM 2020 é a data mais importante para os estudantes brasileiros, a partir deste exame é possível ingressar numa universidade. Em meio a essa oportunidade veja como realizar a consulta local de prova ENEM e confira onde irá fazer a prova.

Local de Prova ENEM 2020

Diferente das provas antigas onde os alunos eram obrigados a decorar datas e fórmulas o Enem surgiu como uma forma de valorizar a lógica e a capacidade de interpretar os conteúdos do aluno, estimulando o raciocínio e as ideias, e ainda conceder ao aluno a possibilidade de conquistar bolsas totais ou parciais em instituições de ensino superior privadas. Algumas instituições de ensino públicas utilizam o resultado Enem 2020 e a nota do candidato serve como aprovação no processo.

O Enem é considerado como uma prova de todas as matérias, e é feita em dois dias seguidos de exames. No primeiro dia de provas, são as matérias de ciências e tecnologias que são realizadas. Já no segundo dia, são os conteúdos de humanas, como literatura, história, artes e gramática. Para consultar o gabarito ENEM 2020, o candidato deverá acessar o site do INEP.

Mas antes de realizar a prova é lógico que o candidato terá que saber o local de prova ENEM 2020, bem como as datas e horário. Logo o mesmo deverá se programar antecipadamente já que o cartão de confirmação é enviado diretamente a residência do candidato cadastrada nas inscrições ENEM 2020.

Como consultar Local de Prova

É muito comum que muitos jovens possam ficar estressados e tensos no dia do exame, como se realizassem um vestibular. Alguns deles inclusive comem demais, outros esperam lendo revistas, mas todos querem procurar uma forma de descontrair.

Vale apena se dedicar e aproveitar bem o tempo para estar em devidas condições de conquistar um bom resultado, e é bom ainda se lembrar que o Enem 2020 é a porta de entrada para o estudante de ensino público, basta apenas obter uma bolsa integral ou parcial pelo Prouni.

Para consultar o local de prova Enem basta o candidato seguir passos simples e práticos, esta consulta poderá ser realizada através do cartão de confirmação de inscrição. Os documentos devem se encontrar disponíveis exclusivamente pela internet no portal do INEP. Veja a seguir:

  • Acesse http://enem.inep.gov.br/participante/#/login
  • O candidato deverá digitar dados como CPF;
  • Senha do Enem;
  • Clique “Entrar”.

Datas e Horário das Provas

Nos cartões de confirmação e no portal do participante é que os usuários poderão consultar as datas e horários das provas conforme a sua escola designada, é importante que a consulta sempre seja realizada através do site, já que estas informações poderão mudar bastante conforme a instituição de ensino.

Featured

Certificado do Ensino Médio pelo ENCCEJA. Qual a nota mínima?

INEP/MEC/ENCCEJA/Ensino Médio – Qual a nota que é preciso tirar no ENEM para conseguir obter o Certificado/Diploma do Ensino Médio?

O INEP/MEC divulgou que o estudante precisa tirar 400 em cada uma prova do ENCCEJA 2020 para conseguir obter seu Certificado do Ensino Médio. É Necessário também que a pessoa tenha já 18 anos completos (ou mais).

Para pedir o Certificado, o estudante que fez o ENEM e obteve os 400 pontos, deve ir à Secretaria de Educação (municipal ou estadual) e requerer seu Certificado. a Secretaria de Educação (DO SEU MUNICIPIO OU ESTADO) terá de entrar em contato com o INEP, solicitar suas notas e emitir seu Certificado.

Quem fez o ENCCEJA 2020 nos anos anteriores e eliminou matérias, poderá usar somente a nota da matéria que precisa no ENEM.

E Quem não recebeu o cartão de confirmação?

O cartão de confirmação de inscrição do ENCCEJA 2020, cuja prova está prevista para 21/02/2020 deveria ter chegado a todos os candidatos no dia 02 de fevereiro de 2020.

Caso você ainda não tenha recebido o Cartão de Confirmação de Inscrição, onde deve estar informado o horário e local da prova, ligue para o Fala Brasil 0800 – 616161 para saber o que está acontecendo.

Processo de inscrição do Encceja

Quem deseja, enseja, concluir o segundo grau – Ensino Médio – não contará mais com o ENCCEJA. Vale lembrar que os exames possuem a mesma finalidade, que é a de avaliar as competências dos estudantes, portanto, possuindo peso similar na avaliação dos estudantes para certificação do ensino médio.

Em 2020 o ENEM é que possibilitará que se faça a prova, mesmo sem frequentar a escola de forma regular e se conclua o 2º grau, obtendo desta forma o Certificado do Ensino Médio.

Os interessados devem ficar atentos à divulgação do resultado ENCCEJA 2020 para obter a certificação de concussão dos estudos pela escola pública.

Assim que houver notícias sobre a data exata, divulgaremos aqui.

Featured

Facebook criou novos emojis para dar Like

O tão famoso “Like” no Facebook tem sido tradicionalmente uma maneira divertida e rápida para responder a um post, mas a verdade é que nem sempre é apropriado “dar like” de certas publicações – por exemplo, a notícia da morte de um animal de estimação ou um post sobre o aquecimento global.

Felizmente, a partir de hoje, essa situação mudará! A rede social acaba de anunciar uma nova funcionalidade chamada Reactions, que é essencialmente uma extensão do botão Like. Agora, além do sinal de positivo que estamos todos familiarizados, há “Amor”, “Haha”, “Uau”, “Triste” e “Irritado”. Amor é representada por um símbolo do coração, enquanto os outros são emojis.

Para usá-los, basta pressionar e segurar o botão Reações, selecionar qual você quer, e soltar. Se o post possui uma enorme quantidade de diferentes reações a ele, você verá um resumo dos três ícones de reação mais frequente. A pessoa que ganhá-los receberá notificações dizendo que alguém “reagiu” na publicação.

“As pessoas vêm para Facebook compartilhar todos os tipos de coisas” 

Sammi Krug, o gerente e criador da nova ideia, conta como se deu o processo: Nós tivemos grandes feedbacks dos usuários que não havia uma maneira fácil de expressar empatia por esses diferentes tipos de mensagens.”

Zuckerberg ouviu o feedback dos usuário e contratou pessoas para trabalharem em uma solução, há cerca de um ano. A partir daí, a equipe fez uma tonelada de investigações – desde a realização de pesquisas para análise dos emojis mais populares – para descobrir exatamente o que as reações acrescentariam. Então o Facebook, começou a testá-los.

“Nós queríamos que essas reações pudessem ser entendidas globalmente.” Essa é uma das razões para Reações está sendo lançanda com apenas cinco ícones adicionais. A reação de “amor”está sendo a mais popular de todas as novas reações(O botão Like, no entanto, ainda reina).

Reações vai rolar globalmente a partir de hoje em iOS, Android, desktop, bem como o browser do celular. Você vai começar a ver a mudança ocorrer ao longo dos próximos dois dias, embora você precise atualizar o aplicativo para obter o recurso.

“E por que não há um botão de “não gostar”? “Teria sido muito binário”, diz Krug. “Desta forma, porém, você terá mais maneiras de se expressar. Esse é o objetivo.”